Linhas de pesquisa da Universidade FUMEC - Pós-Graduação stricto sensu

Para considerar os dados da pesquisa na pós-graduação, conforme mencionado,  expõe-se  as Linhas de Pesquisa de cada Programa de Pós-Graduação (PPG):

a) Programa de Doutorado e Mestrado em Administração

  • Estratégias em Organizações e Comportamento Organizacional: nesta Linha são realizados estudos sobre a evolução das organizações e sobre processos grupais e individuais, dentro de uma perspectiva estratégica.
  • Estratégias e Tecnologia em Marketing: nesta Linha estão vinculadas pesquisas em comportamento do consumidor, tecnologias aplicadas ao marketing, logística, redes e canais de distribuição, composto mercadológico, ética e análise crítica das ações de Marketing.

b) Programa de Mestrado em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento

  • Tecnologia e Sistemas de Informação: Essa linha de pesquisa compreende estudos sobre os conceitos e processos de desenvolvimento de tecnologias e sistemas de informação integrados com banco de dados e dotados de recursos gráficos e usabilidade avançada, de acordo com os preceitos de gestão de projetos e qualidade de software. Trata também dos impactos dos sistemas baseados na Internet e das novas tecnologias no comportamento do consumidor e na gestão logística.
  • Gestão da Informação e do Conhecimento: Essa linha de pesquisa se ancora no campo multidisciplinar da Ciência da Informação e envolve investigações dirigidas para a análise e o desenvolvimento de métodos e técnicas com objetivo de transformar a informação em conhecimento e o conhecimento em insumo para a tomada de decisão, aprendizagem organizacional, inovação e aperfeiçoamento dos processos organizacionais.

c) Programa de Mestrado em Direito

  • Esfera pública, legitimidade e controle: A partir do pressuposto da não identidade entre esfera pública e estado, esta linha de pesquisa visa reconstruir as clássicas  abordagens do Direito Público por intermédio  da legitimidade e controle estatal.
  • Regulação e autonomia privada: Essa linha de pesquisa visa estabelecer os limites da atuação do indivíduo, seja pessoa física ou jurídica, frente aos demais e frente ao Estado. O estudo da intervenção estatal vem se mostrando tema atual e importante.

d) Programa de Mestrado em  Estudos Culturais Contemporâneos

  • Cultura e Interdisciplinaridade: A linha de pesquisa Cultura e Interdisciplinaridade busca refletir sobre a complexidade das transformações culturais contemporâneas a partir da perspectiva interdisciplinar, única capaz de lidar com o novo cenário social, especialmente com a cultura e suas práticas. Coloca-se aqui como tema geral de interesse as implicações sociais da dinâmica cultural contemporânea, marcada pela globalização, pelas redes sociais de interligação mundial, pelos múltiplos cruzamentos (entre o local e o global, o erudito e o popular, o tradicional e o moderno, o centro e a periferia, o urbano e o rural, o nacional e o estrangeiro).
  • Cultura e Tecnologia: procura investigar, a partir da perspectiva interdisciplinar, os impactos das novas tecnologias, especialmente de uma nova cultura tecnológica, marcada pela ciência, tecnologias e dispositivos técnicos. Procura-se compreender como determinadas tecnologias estão sendo adotadas na sociedade e quais são os seus principais reflexos práticos e valorativos no momento contemporâneo, considerando-se que essa cultura tecnológica não se restringe a uma prática operacional, mas abarca um modo de perceber e atuar no mundo. Este modo tanto contribui para a liberação e superação de limites quanto para a maior dependência dos dispositivos.

e) Programa de Mestrado em Processos Construtivos

  • Construção civil: Essa linha de pesquisa visa o desenvolvimento teórico/experimental de novos processos construtivos e o aprimoramento dos processos construtivos já utilizados na construção civil.
  • Materiais para Construção Civil: Essa linha de pesquisa visa o desenvolvimento de novos materiais a serem utilizados na construção civil bem como a melhoria dos conhecimentos sobre os materiais já utilizados, desenvolvendo-os sem esquecer de apresentar e discutir seus impactos ambientais.