Perfil do Curso

A graduação em Engenharia Biomédica pretende formar um profissional apto a compreender e suprir as necessidades individuais e sociais, mediante aplicação e desenvolvimento de tecnologias na área da saúde, e assegurar a qualidade e a humanização do atendimento e no trabalho em equipe.

O curso fornece, além do conteúdo teórico e prático das disciplinas tecnológicas e biológicas, uma vivência com a realidade do serviço e da demanda de saúde ambulatorial e hospitalar. Segundo a Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica, essa área engloba quatro subáreas: Bioengenharia, Engenharia de Reabilitação, Engenharia Médica e Engenharia Clínica ou Hospitalar.

A Engenharia Biomédica exige a formação de um profissional capaz de:

  •  identificar, formular e resolver problemas e integrar conhecimentos da área de engenharia às necessidades médicas.
  •  projetar um sistema, componente ou processo, conduzir experimentos, bem como analisar e interpretar dados que solucione problemas da área da saúde.
  •  trabalhar em equipes multidisciplinares e de se comunicar eficientemente.
  •  entender e cumprir suas responsabilidades éticas e profissionais.
  •  compreender o impacto das soluções de engenharia em um contexto da sociedade globalizada.

Estrutura Curricular

A graduação, inédita em BH, tem como objetivo beneficiar a área da saúde com aplicações de ciências exatas e tecnologias da engenharia. Essa multidisciplinaridade permite ao engenheiro biomédico ser responsável técnico pelos equipamentos médicos, biomédicos e odontológicos voltados ao diagnóstico ou tratamento terapêutico e ainda criar softwares e equipamentos eletrônicos que otimizam o uso das máquinas pelos profissionais da área médica.

Atos Legais de Autorização e Reconhecimento
Autorizado pela Resolução CONSUNI-FUMEC n.º 009/2010, de 29 de outubro de 2010.