23/06/2011

Em dia repleto de opções, Universidade FUMEC agrega importantes inovações para o CONPEDI

A programação do segundo dia do CONPEDI, realizado na Universidade FUMEC, ofereceu ao público enorme variedade de assuntos e formatos. Cerca de 500 participantes transitaram, pela manhã, entre oficinas, painéis, debates, mesas-redondas e apresentações de artigos, em programa inédito, organizado pela universidade anfitriã.

Para o presidente do CONPEDI, professor Vladmir Oliveira da Silveira, esta edição surpreende por vários aspectos. “Tivemos um contratempo com a sede da edição deste ano, que em certo momento das negociações, não nos deu segurança para realizar o CONPEDI. Conversamos com o professor Dr. Antônio Carlos Diniz Murta que, em tempo recorde, preencheu os requisitos necessários para a realização do evento”, afirma.

A Universidade FUMEC teve apenas cinco meses para sedimentar a programação que, além de cumprir as exigências do Comitê, trouxe substanciais novidades para o evento. “Não tínhamos oficinas ou mesas-redondas. A programação era centrada nos grupos de trabalho e trazia algumas palestras e painéis. A FUMEC ampliou as discussões com este novo formato, muito mais rico”, completa Vladmir.

Entre as novidades, o professor destaca as oficinas sobre produção e editoração acadêmica e sobre o preenchimento de currículo lattes. Para ele, é de extrema importância analisar a produção atual do Direito, que tem, por tradição, predileção pela publicação de livros em detrimento dos periódicos. “É nos periódicos que a comunidade acadêmica consegue ampliar as discussões e levar ao debate os temas mais atuais. O livro é um formato que deve ser usado para encerrar um assunto e não para trazer novas reflexões que merecem ser debatidas por mais de um autor, modelo ideal do periódico”, ressalta.

Sobre o preenchimento do currículo lattes, Silveira aponta a importância da atualização desta ferramenta, que nutre o Portal Inovação . Além disso, ele ressalta a necessidade de se valorizar o formato em suas potencialidades, aproveitando ao máximo a capacidade interativa do instrumento que funciona como uma rede social especializada.

Panorama Geral - Programação

O Fórum das Editoras abriu a programação da quinta-feira. Em seguida, foram apresentados dois ciclos do Fórum de Discentes dos Pós-Graduação em Direito. A mestranda da Universidade FUMEC, Fernanda Bomtempo, tratou do tema Por uma proposta de reflexão sobre o ensino jurídico brasileiro. Grupos de trabalho reuniram-se, simultaneamente, também com vários integrantes da FUMEC, entre mestrandos, alunos e ex-alunos, enquanto três diferentes oficinas, com capacidade para 50 participantes em cada, levantavam temas importantes, caso da Oficina do Coleta CAPES. Continuando a programação do dia, os professores da Universidade FUMEC, Dra. Lutiana Nacur Lorentz e Dr. Luis Carlos Gambogi, coordenaram, com dois conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público, a mesa redonda sobre “Responsabilização do Ministério Público nas hipóteses de abuso de suas prerrogativas”. Na pauta, discussão sobre o papel eficiente do Ministério Público, assim como os limites da atuação da autarquia e os abusos cometidos.

Fechando a manhã, a aula teatral Antígona, realizada pelo professor da PUC/SP, Dr. Willis Santiago Guerra Filho em parceria com a atriz Fabiana Serrone, lotou o Auditório Phoenix. Em cena, eles trouxeram temas para discussão em forma de peça teatral, mostrando que a dramatização nos palcos se aproxima da postura nos tribunais. 

A morosidade da Justiça, outro tema importante, será abordado no Encontro, em forma de painel. Em pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas em 2010, 89% das pessoas apontaram a lentidão da Justiça como um dos grandes problemas do sistema. Para tratar de um tema tão importante, aconteceu o painel sobre Direito Fundamental e Tutela Jurisdiscional em Tempo Razoável, que contou com presença do Dr. Humberto Theodoro, da Universidade de Coimbra. Entre os debatedores, estava presente o professor Dr. Érico Andrade, da FUMEC; para presidir a mesa, foi convidado Dr. Antônio Carlos Diniz Murta, coordenador do Programa de Mestrado em Direito e um dos grandes responsáveis pela realização do evento.  

O painel sobre Didática e inovação no Ensino Jurídico contou com mais três professores da Universidade FUMEC: como painelista, o professor Dr. Frederico de Andrade Gabrich dividiu a cena entre a debatedora, Dra. Maria Tereza Fonseca Dias e o presidente da mesa, Dr. Rafhael Frattari, além dos convidados de outras instituições.

O evento acontece até o dia 25 de junho, sábado.

< Voltar para releases - Imprimir