23/11/2017

Refugiados são acolhidos pela FUMEC

Sírios encontram oportunidades de trabalho e estudo na Universidade mineira

Diferente da crise humanitária vivida em países onde há conflitos intensos, parte dos imigrantes encontrou acolhimento e oportunidade de uma vida melhor no Brasil. Ao todo, o Brasil tem hoje 7,7 mil pessoas refugiadas de 81 países, de acordo com o último levantamento do Comitê Nacional para os Refugiados, ligado ao Ministério da Justiça, que reuniu dados até maio.

Consciente de seu papel humanitário, a Universidade FUMEC disponibilizou bolsas de estudo para a qualificação profissional de refugiados sírios, além da sua inserção no mercado de trabalho. “Estou gostando muito de estudar na FUMEC, está sendo uma experiência enriquecedora e importante para minha carreira profissional! Ter ingressado na FUMEC tem possibilitado o desenvolvimento do meu português”, afirmou a aluna de Engenharia Química, Paveolla Hanna. 

Paveolla e sua família vieram para o Brasil por causa da guerra na Síria. “Nossas informações eram bem poucas sobre o Brasil, sabendo que não tínhamos outra opção, começamos a preparar tudo necessário para a nossa vinda. Fomos para o Líbano primeiro, depois para Dubai e de lá para o Brasil. Chegamos aqui e era tudo tão diferente para nós, idioma, cultura, que foi difícil de adaptar. Mas os brasileiros nos receberam muito bem e nos ajudaram a recomeçar a nossa nova vida aqui.  E assim estamos hoje, não totalmente adaptados, mas se adaptando. Eu, a minha irmã, e meu irmão estudando, e meus pais trabalhando. ”

O pai da aluna, Michel Hanna, também foi acolhido pela Universidade, e atualmente trabalha no setor de Apoio Logístico, “O trabalho na FUMEC me ajudou a conseguir sustentar a minha família, a continuar a nossa vida e tem nos ajudado a aprender o português também”. 



Publicado em ,



< Voltar para notícias - Versão para Impressão