02/03/2016

FCH discute as relações academia / propaganda

Tema marcou a aula inaugural do curso de publicidade e propaganda

Texto: Divulgação FCH

“Mercado publicitário e academia”: este é o tema da palestra, seguida de debate, do conhecido publicitário André Vidigal Cavalcanti de Lacerda, 48, que marcou a aula inaugural do curso de publicidade e propaganda, realizada nesta terça-feira, 1º, às 9h40, no Teatro Phoenix, e às 20h, no Auditório 309.

Dono da agência LF/Mercado e com 26 anos de diversificada experiência profissional, que tramita entre assessoria e consultoria de planejamento estratégico de comunicação e o marketing, Lacerda admite que a importância deste seminário está na sua capacidade agregadora de ideias em torno do mercado atual e suas perspectivas futuras. “Claro, defende ele, que neste âmbito, o papel da academia é fundamental para acabar de vez com um certo preconceito cultural, segundo o qual estes segmentos (escola e trabalho), por falta de diálogo e introspecção, não têm estabelecido uma pauta comum. Nada justifica este individualismo”, enfatiza o publicitário, não sem antes elogiar a iniciativa da Fumec e de profetizar que o mundo nunca precisou tanto de bons profissionais de propaganda.

Ao que concorda o aluno Vinícius Ferreira Ramos, 21, quartanista do curso, e defensor intransigente da palestra inaugural: “são atividades deste nível que atualizam ainda mais nosso currículo acadêmico e facilitam nossa inserção no mercado de trabalho”. 



Publicado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, FCH



< Voltar para notícias - Versão para Impressão