07/02/2018

Exposição “Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte”, com fotografias de Elmo Alves

No período de 05 de fevereiro a 24 de abril de 2018 a Universidade FUMEC recebe, na Galeria da Biblioteca Universitária, a Exposição Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte

Os retratos de personagens da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte, de autoria do fotógrafo e professor Elmo Alves, recebeu, em 2014, o Prêmio Gentileza Urbana pelas relevantes contribuições para a melhoria da qualidade de vida na capital mineira. As imagens também foram expostas na cidade de Tiradentes, durante a Semana da Fotografia (2013); ilustraram o evento “Personagens do Samba”, no Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira, em 2016; e, em 2017, foram exibidas no BDMG Cultural.

Os sambistas fotografados – Carlos (músico - violão); João Saraiva (compositor); Mauro Saraiva (compositor e intérprete); Plínio Saraiva (compositor e intérprete); Lucinha Bosco (intérprete); Juarez de Araujo (intérprete); Silvio Luciano (compositor e intérprete); Mestre Conga (compositor e intérprete); Clélia (intérprete); Hélio Pereira (músico - trombone de vara); Doneliza (compositora e intérprete); Mandruvá (compositor e intérprete); Misael do Cavaco (músico - cavaquinho); Paulo Santos Reis (intérprete); Tomás José - Pepe (músico - teclado); e Jadir Ambrósio (compositor e intérprete) – foram eternizados em belíssimas imagens p&b, empunhando com vigorosa nobreza os instrumentos, as indumentárias e ostentando todo o brilho típico do ritmo brasileiro.

Para a curadora da exposição, professora Bruna Finelli, “as fotografias de Elmo Alves falam do samba e principalmente de pessoas que fizeram e fazem parte dessa história. Os membros da Velha Guarda do Samba são herdeiros da tradição do samba em Belo Horizonte, que data a primeira metade do século passado”.

Elmo Alves destaca que mais do que fotografar personagens da música e da história de Belo Horizonte, fez, entre os membros sambistas, vários amigos e, nessa aventura, aprendeu muito sobre a nossa capital. Nos retratos, Elmo procurou destacar as particularidades de cada um e a comum desenvoltura própria dos sambistas aliada à alegria mineira.

O convite está feito! Basta prestigiar, sambar, cantarolar músicas e se envolver pelos encantos dos precursores do samba de BH. Apreciem!

 

SERVIÇO

Exposição Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte

Fotógrafo: Elmo Alves

Período: 05 de fevereiro a 24 de abril de 2018.

Curadoria: Profa. Bruna Finelli

Curadoria institucional: Profa. Andréia Laura Prates

Projeto Mais Arte na Biblioteca

Local: Biblioteca Universitária | Universidade Fumec – Rua Cobre, n.º 200 – Cruzeiro

Horário: 07h30min até 22h (segunda a sexta-feira) | 08h às 14h (sábados)

Apoio: Gráfica O Lutador

Contatos: (31) 3228-3033; biblioteca@fumec.br

Entrada franca

 

EmailMKT.jpg



Publicado em ,



< Voltar para notícias - Versão para Impressão