Fumec homenageia no Phoenix o centenário de Raymundo Cândido

O evento será realizado no dia 02 de dezembro, das 19h às 21h30, no Auditório Phoenix.

(Texto enviado pela Comunicação FCH)

“Raymundo Cândido, 110 anos, exemplo de ética na advocacia”, literalmente, traduz a importância do seminário que o curso de direito da Universidade Fumec realiza, nesta sexta-feira, 2, das 19h às 21h30, no Auditório Phoenix. Tanto o evento em si, quanto o tema das palestras que versa sobre a ética na advocacia, são justas homenagens que os filhos e neto, professores e advogados, respectivamente, (Raimundo Cândido Junior, Maria Antônia de O. Cândido, Silvério de Oliveira Cândido e Felipe Fagundes Cândido) prestam ao advogado que, em setembro deste ano completaria 110 anos de vida, não fosse a parada cardiorrespiratória que o atingiu em junho de 1991.

Em meio século de exemplar e ousada atuação profissional, o patriarca, que carrega um inusitado ípsilon em seu nome, foi de tudo no mundo jurídico: advogado-processualista, professor-titular da Faculdade de Direito, da UFMG, autor de seis obras especializadas em processo civil e penal e, como se não bastasse, foi presidente da OAB MG e responsável direto pela construção da sua sede, mediante a penhora de sua própria residência. Para o coordenador do seminário, professor Nacib Rachid Silva, a “Medalha Raymundo Cândido”, criada em 2006 pela OAB e conferida a profissionais que se destacam no cenário jurídico mineiro e nacional, “é um termômetro da importância do homenageado que este evento justifica”.