Qualidade ou quantidade? Como estudar com mais resultados?

como estudar com mais resultados

Para a maioria dos alunos, estudar é uma tarefa que exige muitas horas de concentração e leitura intensa – muitas vezes do mesmo parágrafo. Sabemos que cada pessoa possui uma forma única de aprender e memorizar, mas o que a maioria dos estudantes não entende é que estudar em excesso não é sinônimo de aprendizagem. Ou seja, é preciso saber estudar de forma inteligente para dominar os assuntos, caso contrário todo o esforço será em vão.

Para aprender as técnicas de estudo que trazem uma maior eficácia, siga estas dicas!

Bônus: veja como escolher uma universidade que tenha a ver com você

Organizar a rotina de estudos

A técnica consiste em criar um cronograma de estudos para a sua rotina, em de estudar adoidado na véspera do exame. Uma pesquisa publicada pela Psychological Science in the Public Interest comprovou que estudar cada matéria em períodos menores ao longo do dia e da semana é mais eficiente do que passar horas seguidas lendo a respeito de um mesmo tema. Deste modo, além de repousar a mente e não sobrecarregá-la, você entrará em contato com a matéria várias vezes, ajudando na memorização do conteúdo.

Exercícios e testes

Esta é uma das melhores formas de fixar o aprendizado. A prática de exercícios e testes direcionados pode ser até duas vezes mais eficientes do que outros métodos de estudo. Os exercícios são fundamentais tanto durante quanto ao final da aprendizagem, pois além de testar os conhecimentos, permite que o aluno desenvolva mais dúvidas e questionamentos, gerando maior envolvimento com a matéria estudada.

Elaboração de perguntas

A cada frase estudada, tente entender o motivo dela ser verdadeira. Este é o método da elaboração de perguntas. De acordo com a pesquisa, ao desenvolver questionamentos e tentar encontrar suas explicações, você acaba forçando o cérebro a se esforçar mais em memorizar o objeto de estudo. Além de ser sempre bom desvendar as causas e origens de cada tema estudado, pois isso contribui para aumentar o seu pensamento crítico.

Explicação

Uma outra técnica muito eficiente consiste em explicar para si mesmo ou para outra pessoa o conteúdo que acabou de aprender, com suas próprias palavras. O exercício ajuda a redobrar o aprendizado por reafirmar com convicção as afirmativas do estudo. Esta prática é muito bem vista e aprovada por estudantes e profissionais de pedagogia, gerando resultados consideravelmente notáveis no processo de fixação do conteúdo.

Práticas que não são tão eficazes mas podem ajudar:

Grifo

A pesquisa concluiu que grifar textos não é tão eficiente quanto se imagina, isso porque ao marcar os textos, seu cérebro não está praticando esforço algum – não há conexão com o objeto de estudo. Além do mais, sublinhar e grifar de forma exagerada mais confunde do que ajuda.

Resumos

Pode até ser considerado interessante, dependendo da modalidade da prova. No entanto, em testes objetivos, os resumos não adiantam em nada. Se você optar por criar resumos de textos extensos, é preciso criar uma técnica que não deixe nenhum ponto importante do conteúdo ficar de fora.

Associação com imagens

É uma técnica muito utilizada em cursinhos, em que o conteúdo é transformado em imagens mentais para então ser fixado na mente do aluno. Porém, o resultado é nulo quando o tópico abordado é feito através de textos longos. Entretanto, para algumas matérias, como matemática, química e física, este método é válido e pode ajudar bastante o estudante a memorizar o conteúdo.

Dicas para estudar melhor

  • Evite distrações na hora dos estudos – fique longe da internet, televisão e computador durante o período dedicado aos estudos;
  • Faça anotações – tudo que considerar importante memorizar deve ser anotado, de preferência à mão, pois o processo da elaboração da escrita é mais elaborada, ativando diversas partes do cérebro;
  • Tenha um sono de qualidade – evite tomar bebidas energéticas e cafeína durante a noite, para ter uma boa noite de sono e restaurar as energias para o dia seguinte;
  • Faça pausas – é recomendado que, a cada 50 minutos de estudo, deve-se fazer uma pausa de dez minutos.

​Restou alguma dúvida ou gostaria de dar uma sugestão? Deixe o seu comentário e até o próximo post!

como