7 coisas que você precisa fazer antes de entrar na universidade

coisas que você precisa fazer antes de entrar na universidade

Você não está sozinho no mundo por não saber o que fazer no Enem, não é o primeiro e nem será o último a passar por esta fase confusa entre terminar o ensino médio e entrar na universidade. Relaxe!

Inclusive, uma vantagem de escolher a profissão super jovem é ter tempo pela frente para experimentar outros rumos caso se arrependa depois. Neste texto, apresentamos uma lista de coisas interessantes a serem feitas antes de ingressar na faculdade, como buscar entender as áreas de atuação do curso que deseja, conversar com profissionais formados na área e entender a dinâmica do curso e da instituição.

Bônus: veja como escolher uma universidade que tenha a ver com você

Que tal parar um pouco para organizar suas ideias? Confira estas dicas e torne este momento menos atribulado!

1. Estude muito

Não tem como fugir disso. Estudar é essencial para se preparar para o vestibular e também para a vida.

Conhecimento abre portas — acadêmicas e profissionais, amplia seu networking e faz de você alguém bem mais interessante. Porém, lembre-se de fazer pausas, dormir bem e dedicar um tempo ao lazer. Cabeça cheia e corpo cansado atrapalham o processo de aprendizagem.

2. Guarde uma grana

Como em tudo na vida, você precisará de dinheiro na faculdade. Ainda que não tenha que arcar sozinho com a mensalidade, a grana será necessária para comprar livros, materiais (como calculadoras científicas ou jalecos), além de lanche e transporte.

Algumas palestras ou fóruns podem demandar taxa de inscrição. Melhor ter dinheiro na mão para não perder oportunidades bacanas.

3. Visite o campus antes de entrar na universidade

Claro, seu principal critério de escolha para entrar na universidade deve ser relacionado à oferta do curso de seu interesse e à qualidade do ensino. Procure saber mais sobre sua avaliação no MEC e o currículo dos professores.

Uma visita ao campus permite que você conheça toda a infra disponível, especialmente laboratórios. Pesquisar programas de estágio e parcerias com empresas também é uma boa para conhecer os diferenciais da instituição.

4. Troque ideia com quem já está na área

Aproveite sua visita ao campus e converse com os alunos e professores. Outra dica é procurar pelos profissionais da área e conversar a respeito. Eles poderão falar com mais propriedade sobre o que você deve esperar na prática.

5. Peça uma ajudinha aos profissionais de recursos humanos

Estas pessoas têm muitas ferramentas para ajudar quem está bem perdido com relação ao curso que quer fazer. Testes vocacionais, por exemplo, podem clarear bastante o caminho.

6. Use a tecnologia a seu favor

Existem vários aplicativos e conteúdos específicos disponíveis para download, assim como cursos on-line gratuitos, é só procurar. Participe de grupos de discussão nas redes sociais. Quanto mais informações tiver, menos surpresas encontrará quando já tiver entrado na universidade.

7. Amplie seus horizontes

Este é o momento ideal para fazer intercâmbio ou cursos livres. São formas rápidas e interessantes de abrir a cabeça e deixar o conhecimento entrar. No mais, respire fundo e prepare-se para que seu caminho para entrar na universidade seja acertado e prazeiroso.

Quer mais uma ajudinha? Baixe o e-book “Como escolher o curso certo para você?“. Ele é de graça e pode orientá-lo melhor sobre qual caminho seguir!

 

como