Quais as áreas de atuação para formados em cursos de engenharia?

areas-de-atuacao-para-formados-em-cursos-de-engenharia
Você já deve ter ouvido falar que o mercado de trabalho necessita cada vez mais de profissionais especializados, certo? Isso porque o saber humano cresceu bastante nos últimos anos. 

Para suprir essa demanda, os cursos de engenharia passaram a abranger diferentes áreas do conhecimento. Hoje em dia, além de oferecer profissões tradicionais, como engenheiro civil e engenheiro eletricista, os cursos de engenharia permitem a formação em outros campos científicos e tecnológicos, como aeronáutica, computação, telecomunicações e bioenergia.

Como você também já deve imaginar, os cursos de engenharia em geral requerem do estudante uma certa aptidão por matemática, física e química. Contudo, cursos como engenharia biomédica e engenharia ambiental demonstram que não só de cálculo vive o futuro engenheiro.

Bônus: aprenda como escolher o curso de graduação certo para você!

Perfis dos cursos de engenharia

É bem verdade que a formação desses distintos profissionais tem aspectos semelhantes, já que há um núcleo básico de disciplinas comum a todos os cursos de engenharia. As diferenças se dão nos conteúdos profissionalizantes e nos conteúdos específicos de cada área.

Identificar problemas, propor soluções, fazer experimentos, analisar resultados, planejar e executar projetos, atuar em equipes multidisciplinares são apenas algumas das atividades de um futuro engenheiro.

Para você ficar ciente de como está o mercado de trabalho, vamos apresentar, a seguir, os principais campos de atuação dos formados nos diferentes cursos de engenharia. Acompanhe e compare para fazer a sua escolha.

Engenharia Ambiental

O engenheiro ambiental formado poderá atuar em empresas e órgãos públicos e privados, em empresas de consultoria técnica e organizações não-governamentais (ONGs). Poderá realizar, por exemplo, elaboração de Estudos de Impacto Ambiental (EIA), elaboração de Planos de Controle Ambiental (PCA), elaboração de estudos e projetos de saneamento básico, entre outras atividades.

A média salarial de um engenheiro ambiental júnior pode variar de R$ 2,6 mil a R$ 4,4 mil.

Engenharia Civil

O engenheiro civil está apto a atuar em empresas de construção civil e em obras de infraestrutura de barragens, de transporte e de saneamento, além de obras ambientais e hidráulicas no setor público e privado, bem como atuar por meio de serviços autônomos.

A média salarial do profissional recém-formado varia de R$ 5,3 a R$ 9 mil, conforme o tamanho da empresa.

Engenharia Elétrica

O engenheiro eletricista tem certa versatilidade de áreas de atuação, por exemplo, pode atuar em concessionárias de energia nos setores de geração, transmissão ou distribuição, além de poder trabalhar em projetos, manutenção e instalações industriais, comerciais e prediais ligados à energia, entre outras atividades.

A média salarial do recém-formado vai de R$ 4,5 mil a R$ 7,5 mil.

Engenharia Mecânica

O engenheiro mecânico também pode atuar em diferentes ramos, como as indústrias de base (mecânica, metalúrgica, siderúrgica, mineração, petróleo, plásticos e outros) e em indústrias de produtos ao consumidor (alimentos, eletrodomésticos, brinquedos etc), além de atuar na produção de veículos.

O salário inicial desse profissional varia entre R$ 4,6 mil e R$ 7,8 mil.

Engenharia de Produção

O engenheiro de produção está apto a atuar em empresas de manufatura das mais distintas áreas, como metalúrgica, mecânica, química, construção civil, eletroeletrônica, agroindústria, bem como em organizações de prestação de serviços, como bancos, empresas de comércio, instituições de pesquisa e ensino e órgãos governamentais.

A média salarial no início de carreira fica entre R$ 3,4 mil e R$ 5,7 mil.

Engenharia Química

O engenheiro químico pode atuar em diversos setores industriais, por exemplo, no trabalho de composição de diferentes produtos, como alimentícios, de beleza, remédios, para construção civil, peças de automóveis, vários tipos de plásticos, além de produtos que utilizam a biotecnologia.

O salário inicial varia entre R$ 3,8 e R$ 6,4 mil.

Como podemos perceber, os cursos de engenharia envolvem diferentes áreas do conhecimento. Aqui apresentamos um panorama das possíveis atuações, ainda assim, saiba que existem possibilidades de trabalho mais específicas.

E você, já decidiu qual curso irá prestar? Deixe seu comentário aqui no blog e nos diga por que fez tal escolha. Participe!

New Call-to-action